Criptomoedas para iniciantes: como – e quanto – investir para não se arrepender

Criptomoedas 16 de Mar de 2021

Foto: (Gerd Altmann/Pixabay)

Especialistas têm indicado essa aplicação para investidores moderados e agressivos. Conheça as principais recomendações.

SÃO PAULO – Num dia, Elon Musk anuncia que sua empresa, a Tesla, comprou US$ 1,5 bilhão em Bitcoin (BTC). No outro, a Mastercard decide integrar criptomoedas à sua rede de pagamentos. Depois, o banco BNY Mellon divulga a criação de uma área totalmente dedicada aos ativos digitais.

Tudo isso em questão de uma semana, ao longo de fevereiro. A cotação do Bitcoin ultrapassou US$ 50 mil pela primeira vez na história, aproximando-se dos US$ 58 mil. Dez dias depois, após uma queda, estava de volta à casa dos US$ 45 mil.

Leia o post na íntegra no link abaixo:

Criptomoedas para iniciantes: como – e quanto – investir para não se arrepender
Especialistas têm indicado essa aplicação para investidores moderados e agressivos. Conheça as principais recomendações

Marcadores

Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Ótimo! Agora, complete o checkout para ter o acesso completo.
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está completamente ativada, agora você tem acesso completo ao conteúdo.