O que fazer após o sell-off de ações de mineradoras e siderúrgicas na Bolsa? Credit aponta papéis mais atrativos

Negócios 24 de Ago de 2021

Foto: Publicação infomoney

SÃO PAULO – Apesar dos preços das ações serem considerados bastante atrativos por investidores após a forte pressão das últimas semanas com a queda do minério de ferro, o Credit Suisse ainda nota que há uma falta de apetite para investir no setor de mineração, conforme apontou o analista Caio Ribeiro em relatório. Mas destacou que outros nomes podem ser mais atrativos.

O analista se mantém “seletivamente construtivo” no setor de materiais básicos (que compreende mineradoras, siderúrgicas, papel e celulose), preferindo ações de siderúrgicas como CSN (CSNA3) e Usiminas (USIM5) aos papéis de mineradoras. Além disso, Ribeiro destaca que, enquanto as ações de papel e celulose parecem descontadas, a expectativa de novas ofertas no setor nos próximos meses leva a um menor entusiasmo.

“O sentimento claramente piorou ultimamente por uma variedade de razões. Observamos que as preocupações têm aumentado sobre os cortes na produção de aço bruto na China (que caiu 8% em julho na base anual), enquanto houve aperto na disponibilidade de crédito para incorporadores imobiliários e de infraestrutura no país no início deste ano, juntamente com um cenário sazonalmente mais fraco de atividade de construção nos meses de verão, que vem reduzindo a demanda por aço e levando as siderúrgicas a reduzir suas compras de minério de ferro”, aponta.

Leia o post na integra no link abaixo

O que fazer após o sell-off de ações de mineradoras e siderúrgicas na Bolsa? Credit aponta papéis mais atrativos - InfoMoney
De acordo com o banco, os múltiplos das companhias estão baratos, mas prefere siderúrgicas Usiminas e CSN, sem ver tanto gatilho para mineradoras

Marcadores

Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Ótimo! Agora, complete o checkout para ter o acesso completo.
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está completamente ativada, agora você tem acesso completo ao conteúdo.